segunda-feira, 7 de agosto de 2017

DOENÇA

Ninguém escolhe estar doente. A doença é que nos escolhe e isso
pode acontecer em qualquer momento.

A mulher de Passos Coelho Laura Ferreira, foi atingida pelo cancro
e numa primeira fase parecia ter superado, mas não, ele voltou a
não lhe dar descanso. Desejo muito que a medicina a consiga salvar.

No início da sua doença era Passos Coelho Primeiro-Ministro,
estava Portugal intervencionado pela Troika e ele tinha que
ir constatemente ao estrangeiro para tratar de diversos assuntos
do país,e obviamente aqui em Portugal gerir um país em tão
más condições. Sempre admirei a pontualidade nos seus compromissos.

Já não sendo Primeiro-Ministro e com a nova agudização do estado de
saúde de sua mulher, como as fotos que vou inserir demonstram, ele
não a esconde, e voltou a ir passar os 15 dias habituais à praia da
Manta Rota no Algarve com ela e a filha.

Muitos homens talvez não o fizessem.

Não sou politicamente do PSD, mas admiro o homem, o marido, o pai,
Passos Coelho.

Que Laura Ferreira consiga ultrapassar, que a medicina a consiga curar.

Irene Alves

 


Estas imagens tinham sido publicadas pelo Correio da Manhã e a sua revista.
Posteriormente Passos Coelho veio a dizer que não era a sua mulher,
mas também não disse quem era. É muito estranho, mas se não for, ficam
as minhas desculpas

9 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Ninguém escolhe.
A doença é que escolhe as pessoas, sim.

Beijo de boa noite.

João Menéres disse...

Obviamente que também desejo que aconteça um milagre !
Ambos o merecem.

sandra mayworm disse...

Emocionante!
Que Deus através da medicina possa curá-la...se assim for da vontade Dele.
Um abraço!

Pedro Coimbra disse...

Ela está cada vez mais fragilizada.
Passos Coelho está a ser o marido, o companheiro.
Que é sempre mais necessário nas más que nas boas horas.

Graça Pires disse...

Também "que Laura Ferreira consiga ultrapassar, que a medicina a consiga curar".
Uma boa semana.
Um beijo.

São disse...

Que tudo corra bem para ela.

Guterres sofreu exactamente o mesmo drama.

Beijinhos

Olinda Melo disse...


Olá, Irene

Já tinha visto essas fotos, que
muito me sensibilizaram.

Também eu lhe desejo boas melhoras
e volte a gozar da sua saúde.

Bj

Olinda

Rita Sperchi disse...

Passando para deixar um abraço de
bom domingo e tudo de bom aos pais
agradecer pelo belo post,espero sua visita
porque as boas amizades a gente conserva sempre
Obrigado por fazer parte nesse mundo virtual
Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Cantinho da Gaiata disse...

Bom dia Irene.
Também lhe desejo que ultrapasse mais esta etapa, tem sido uma caminhada muito dolorosa.
Sobre a foto também li que não era a mulher na cadeira de rodas, mas podia ter dado a informação de quem se tratava, assim ficava tudo esclarecido.
BJ e bom feriado.